3 de January de 2022
3 de January de 2022
Neuroarquitetura: ambientes planejados para o seu bem-estar
MIP CONSTRUTORA

O ambiente é percebido pelas pessoas através da visão periférica, despertando a sensação que ela tem nos espaços. Por meio de variações ambientais, como cores, aromas, sons, formas, biofilia e iluminação, é possível definir um impacto no bem-estar das pessoas. 

A neuroarquitetura é um estudo que aplica neurociência à arquitetura, e essa tendência tem como objetivo despertar emoções e sensações ambientais. 

Planejar um ambiente pensando em neuroarquitetura pode trazer estímulos que conectam o seu estilo de vida ao lar e ao trabalho. Afinal, quanto mais personalizado o seu ambiente é, maior o sentimento de pertencimento e carinho pelas memórias. Continue a leitura e saiba como se aventurar nas variações ambientais no lar e no trabalho.

Memória do ambiente

Existem diferentes variáveis ambientais que podem ser controladas para criar boas experiências, gerando, assim, as emoções ideais ao espaço e à mente. 

Trabalhar aromas no ambiente ajuda a criar memórias afetivas, já as formas da edificação e dos objetos têm o valor de realçar a beleza e a funcionalidade daquele lugar. Outra variável ambiental que agrega sensações aos espaços é a biofilia, que cria uma sensação de reconexão à natureza. E, claro, as cores também possuem um papel importante dentro da neuroarquitetura, elas reforçam a personalidade do local, despertando diferentes emoções. 

 Somos impactados por tudo que acontece em nosso entorno e, ao recordar lembranças ao longo da vida, reconhecemos o sentimento gerado por aquela experiência. Por isso, o fator predominante para trabalhar a neurociência aplicada à arquitetura é o autoconhecimento. Dessa forma, será possível despertar os estímulos desejados de acordo com as particularidades de cada pessoa, ocasionando o conforto e bem-estar ao seu estilo de vida. 

Neuroarquitetura para ambientes de trabalho

Buscando estimular os sentidos durante o trabalho, pode-se planejar um ambiente com características sensoriais, através do uso de cores e diferentes texturas. Também é possível criar um espaço mais informal, com mobiliários confortáveis, uso de plantas, espaços e elementos para descanso e descontração.  

Outro aspecto que se define como pilar na neuroarquitetura é a organização dos ambientes, gerando tranquilidade e ajudando no controle da ansiedade. Também a valorização da iluminação natural é um fator que gera vantagens aos ciclos psicológico e fisiológico, além de economia com a energia elétrica. Ao trabalhar em um ambiente fechado, posicione sua mesa próxima às janelas para aproveitar o melhor da luz do dia.  

 Espaços para estímulo do bem-estar em casa

São muitas as possibilidades de elaborar um espaço com a sua personalidade, a tradução dos seus gostos, preferências e hábitos é fundamental para um ambiente moldado para o seu próprio bem-estar. 

Cada ambiente possui uma função, por exemplo, se sua sala de estar for um local acolhedor e aconchegante, é possível brincar com cores vibrantes entre as paredes e os objetos, mas, se esse espaço for utilizado para descanso, é preciso se atentar aos excessos para não cansar muito a visão. 

Outro local divertido para se aventurar pelas experiências sensoriais olfativas é a cozinha, que exala aromas a todo momento. Alimentos frescos e potes com temperos vão definir o espaço com o seu gosto de ser. Já os quartos, locais sagrados de descanso, necessitam de objetos e cores agradáveis ao olhar, trazendo boas energias e relaxamento. 

O seu estilo de viver é representado também pelo seu estilo de morar. Pensando nisso, a MIP trabalha com apartamentos sob medida para que você possa definir seu próprio espaço, com a qualidade e sofisticação que só a Construtora oferece. Descubra o empreendimento ideal que combina com você. Viva com estilo, viva num MIP.

Para saber mais dicas sobre as maneiras de otimizar sua saúde e bem-estar no lar, acompanhe a MIP pelas redes sociais e assine a nossa Newsletter.

COMPARTILHE:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
POSTS MAIS LIDOS
NEWSLETTER
Cadastre-se e receba as novidades da MIP